AVE
∼ Manual do usuário ∼

 


  Ave tem duas janelas principais: a Janela Inicial, e a Janela da Espécie com o seu menu. A Janela Inicial é usada para procurar espécies nas bases de dados, enquanto que a Janela da Espécie exibe os dados de espécies individuais quando uma espécie específica for selecionada na Janela Inicial.

DICA: Use as teclas de volume na Janela Inicial para alterar o tamanho da letra ao seu gosto.

 
A Janela Inicial [ACIMA]

  As iniciais no canto superior esquerdo indicam a atual lista de espécies em uso. Clique neste campo para abrir uma grade com todas as listas de espécies nas bases de dados; selecione um deles para mudar a lista. Um clique longo neste campo abre as descrições de lista, quando disponível: a lista atual é destacada, e você também pode clicar em uma linha para exibir a lista correspondente.

  Sobre o padrão de busca: Um espaço indica 'qualquer seqüência de caracteres', enquanto que um ponto significa "qualquer caracter". Não há necessidade de usar acentos, cedilhas ou apóstrofos. Portanto, uma pesquisa por 'saira' retornará todas as Saíras na lista de espécies em curso, enquanto que 'saira cores' retornará apenas a 'saíra-sete-cores' (se estiver presente na lista atual). Você pode procurar por Taxon, nomes em inglês ou nomes comuns.

DICA: Ao dar um clique longo no botão Busca [IMG], Ave procura o padrão de busca em todas as listas, e não apenas na atual.

  O botão Famílias mostra todas as famílias na lista atual; selecione uma delas para obter os membros da família correspondentes na lista atual. Pressione novamente o botão de Famílias para listar por espécies.

  O botão Histórico mostra as espécies selecionadas, até o momento, em ordem cronológica inversa. Para apagar o histórico, oprima longamente Histórico, ou selecione Ferramentas > Excluir Histórico.

  O pequeno botão na parte esquerda de Famílias é usado para alternar entre nomes de Taxon, Inglés e Comum.

  ◊◊ Algumas ferramentas e opções de configuração estão disponíveis sob o botão Ferramentas [IMG]. Em particular, a localização da Pasta Principal (isto permite ter diferentes guias para, digamos, diferentes classes de animais), o Pasta de Fotos (para integrar Ave com suas próprias imagens, ver embaixo), dois botões para atualizar independentemente Ave e seu base de dados principal. Por conveniência, estes botões de atualização estão ativos somente quando uma conexão com a Internet está ativa e novas atualizações estão disponíveis. O visualizador de pista também está sob ferramentas; ver embaixo.

Existe uma opção para alterar o endereço web da base de dados principal, se você quiser usar um base de dados principal alternativo, ou se não houver desejo em atualizá-lo. Para usar um base de dados principal alternativo, escreva o endereço web da pasta onde os arquivos alternativos aves_database, family-descriptions.txt, lista-descriptions.txt e estado-descriptions.txt residem. Para desativar as atualizaçõesde da base de dados principal digite "nenhum" ou "-".

  ◊◊ Quando o GPS está ativado no dispositivo antes do Ave ser executado, o botão GPS [IMG] no topo indica que Ave está pronto para começar a acompanhar e salvar a sua posição através de GPS. Este botão ativa e desativa o rastreamento GPS quando e clicado por um segundo. Logo que o rastreamento é ativado, o botão em verde [IMG] indica que a faixa está sendo gravada; se o botão fica vermelho [IMG] quer dizer que há algum problema para escrever o arquivo de trilha, ou que o GPS foi desativado no dispositivo. Já o botão amarelo [IMG] indica que o dispositivo GPS está procurando a posição GPS no satélite.

  ◊◊ As trilhas são salvas em um arquivo de trilhas na pasta MyTracks dentro da pasta principal em formato CSV, com nomes em formato:

ave_YYMMDD_HHMMSS.csv.

Você pode ver as suas trilhas e registros (até mesmo vários simultaneamente) em um mapa de satélite utilizando as opções de ferramentas correspondentes (é necessária uma conexão de Internet ativa, ou os mapas no cache).
Além disso, na seção de atalhos/widgets do dispositivo é instalado um app independente chamado Ave Map que fornece as mesmas funcionalidades para gravar e visualizar trilhas do Ave, mas sem a necessidade de executar toda a aplicação, sendo então muito mais rápido para carregar, e utilizando menos recursos.
Além disso, você também pode exibir trilhas e registros com um navegador comum carregando elas neste link:

http://luis.impa.br/ave/map


DICA: Enquanto Ave estiver funcionando, as trilhas são todas salvas e anexadas ao mesmo arquivo, mesmo depois de parar o dispositivo GPS ou pressionando o botão GPS do Ave. Para salvar uma trilha num novo arquivo, apenas feche o Ave, abra-o novamente, e ative o recurso de GPS, como explicado acima. Se quiser gravar todas as trilhas (e registros) num único arquivo para cada dia de uso, ativar em Ferramentas a opção Um TRACK & REG por dia.

DICA: Se você observar quadrados em branco no mapa com a inscrição "Sorry, we have no imagery here" enquanto estiver usando uma conexão de internet ativa, tente clicando em "Apagar cache do mapa" nas Ferramentas [IMG] do Ave. Observar que esta ferramenta somente é ativada quando a conexão de internet estiver ativa.

  ◊◊ Ave map também pode abrir e salvar arquivos que contêm 'pontos de referência' que são mostrados como estrelas amarelas [IMG] . Estes são arquivos CSV com o formato:

place,​latitude,​longitude,​altitude,​remarks

(esta deve ser a primeira linha do arquivo). Para adicionar um ponto, basta dar um duplo clique no mapa e definir seu título como local/observação (a altitude ou elevação será mostrada se tiver conexão à internet), enquanto que um duplo clique nos novos pontos os remove. Os novos pontos são automaticamente salvos em arquivos denominados marks_YYMMDD_HHMMSS.csv quando o mapa seja fechado. Novos pontos podem ser adicionados em arquivos já existentes. Pontos antigos podem ser movidos e removidos, mas somente depois que um duplo clique for dado no mapa. Neste caso, ao sair aparecerá um diálogo de confirmação para reescrever o arquivo. Um clique longo em [IMG] limpa os pontos do mapa, enquanto que um clique curto grava os pontos num arquivo.

 
A Janela da Espécie [ACIMA]

Esta janela é aberta quando uma espécie é selecionada na Janela Inicial, ou quando a busca retorna apenas uma espécie.

  Os controles de cantos estão localizados na parte superior, junto com a indicação de comprimento, número do canto, e o número total de cantos.

  O mapa de distribuição está localizado na parte inferior, junto com um botão para abrir as imagens das espécies e/ou miniaturas. Clique no mapa de distribuição para exibir mapas adicionais.

  A informação exibida da espécie inclui um campo Obs opcional. Este campo é exibido quando a pasta Information contém um arquivo de texto obs.txt não vazio, e, nesse caso, ele exibe seu conteúdo. Você pode criar ou modificar este arquivo obs.txt como achar conveniente para mostrar informações adicionais.

  O botão REG mostra um diálogo para adicionar um registro para a espécie: vários dados são armazenados no formato CSV junto com o arquivo de trilha, na pasta MyTracks, e com nomes correspondentes ave_YYMMDD_HHMMSS_REC.csv. Quando o rastreamento GPS do Ave está ativo, as coordenadas GPS também são armazenados junto com o registro, mas o GPS não é necessário para usar o recurso de registro.

  Dentro menu da janela do Espécies [IMG] há um item de menu para listar todos os membros da família da espécie na Janela Inicial, assim como um por-up com mais info que exibe o conteúdo de um arquivo de texto info.txt contido na pasta Information.

  Enquanto uma canto está sendo tocado, mais três itens de menu irão aparecer: um para apagar o canto, um segundo para exibir sua ID3 tag, e um terceiro para coloca-lo primeiro para tocar. Para que o último funcione corretamente, é altamente recomendável que os cantos sejam nomeados com um número inicial de dois dígitos.

DICA: Um clique longo no botão Play também mostra as tags ID3 da canto atual.

  Se a espécie não está incluída na lista em uso, um item de menu adicional aparece para adicioná-lo à lista atual, adicionando a combinação ESPÉCIE;LISTA no arquivo mylists.txt (ver embaixo).

  ◊◊ Quando a conexão à Internet está disponível, mais um item de menu irá aparecer, em particular, para baixar cantos adicionais e mapas de registro (disponível só para guia de aves).

 
As bases de dados [ACIMA]

Eles estão localizados na raiz do diretório principal, juntamente com as pastas Songs, Maps, Thumbs e Information:

  ~ aves_database: ste é o arquivo da base de dados principal. Você pode modificá-lo como quiser, mas leve em conta que ele será substituído se você atualizar a bases de dados em Ferramentas na Janela Inicial. Logo, para armazenar seus próprios dados, é melhor usar o arquivo mylists.txt como segue.

  ~ mylists.txt: Este arquivo de texto é criado e modificado exclusivamente por você, e contém uma espécie por linha com as listas adicionais às quais pertence. Isto é, cada linha tem a forma

ESPÉCIE;LISTA1,LISTA2, ...

onde a ESPÉCIE é ou o primeiro nome comum, ou o Táxon, ou o nome em Inglês, exatamente como aparecem nos arquivos de base de dados principal. Se este nome não é encontrado em qualquer arquivo de base de dados, Ave vai reclamar durante o carregamento, mostrando uma lista dos nomes errados para que você possa corrigi-los, e que estas espécies serão ignoradas.

  ~ mylists-descriptions.txt: Este arquivo de texto contém as descrições das suas listas definidas no arquivo mylists.txt. Seu formato é o mesmo que o arquivo fornecido listas-descriptions.txt, ou seja, uma descrição por linha na forma

LISTA;descrição

  ~ O processo de importação e atualização de suas próprias listas é automatizado através da opção correspondente em Ferramentas > Importar ou atualizar lista. Você deverá informar o nome da lista, sua descrição, e o arquivo da lista. O seu arquivo mylists.txt será atualizado, e o antigo será movido para a pasta ImportedLists, juntamente com o arquivo da lista. O arquivo mylists-descriptions.txt também será atualizado automaticamente. O arquivo da lista tem que ter o formato simples de uma espécie por linha, com as mesmas regras para os nomes das espécies que do arquivo mylists.txt. Se qualquer espécie no arquivo da lista ou no arquivo mylists.txt não é encontrado nas bases de dados, o processo será interrompido e terá que corrigir os nomes errados nos arquivos antes de tentar novamente.

  ~ Arquivos de base de dados adicionais podem ser adicionadas, para as espécies não estão presentes no arquivo aves_database. Eles têm de ser nomeado aves_database_1, aves_database_2, etc. Cada linha deve se referir a uma espécie, e tem que ter a forma

Família;Taxon;Nome em Inglês;Nome comum 1,Nome comum 2,​...;Status;LISTA1,LISTA2,​...;SSP1,SSP2,...

(uma linha por espécie, sem espaços, exceto dentro de nomes de espécies).

Observações: 1. Observe como vírgulas e pontos e vírgulas são usados: ponto e vírgula separa campos, enquanto que vírgulas separam os vários nomes comuns e as listas. Dê uma olhada no arquivo principal aves_database como referência.
2. Cuidado com espécies duplicados ao criar arquivos aves_database_... adicionais, pois eles vão aparecer duas vezes durante a pesquisa e pode conter informações diferentes e/ou duplicadas. Use o arquivo mylists.txt como descrito acima para as espécies já contidas nas bases de dados.
3. Caso acentos sejam necessários nos nomes comuns, utilize SOMENTE encoding Latin 1 (ISO8859-1).

 
Integração com as fotos do usuário [ACIMA]

Para integrar Ave com suas fotos de tal forma que que elas apareçam juntamente com as miniaturas na Janela da Espécie, cada imagem deve ser nomeada como cleanname_.... jpg, ou elas devem que estar localizadas em um diretório chamado cleanname dentro da pasta de fotos (caminho configurável através de Ferramentas > Pasta de fotografias...).  Aqui, cleanname significa qualquer um dos nomes de espécies que aparecem nas bases de dados, mas sem acentos, cedilhas ou apóstrofos. Além disso, você precisa criar/reconstruir o índice de suas fotos via Ferramentas > Reconstruir índice.

Lembre-se: Reconstrua o índice de fotos cada vez que você adicionar novas imagens, ou quando modificar o nome de qualquer das antigas, já que tanto a busca quanto o índice são baseados nos nomes dos arquivos.

Quando a pasta de fotos está configurada corretamente, um novo botão de Informações [IMG] aparece no topo da Janela Inicial. Ao clicar neste botão, serão listados todos os lugares dos nomes de arquivos que correspondam ao padrão de busca, juntamente com as datas em formato YYMMDD. Isso pressupõe que você nomeou suas fotos como

.../cleanname_..._lugar-YYMMDD-...

Se você não seguir essa convenção de nomeação de arquivos, o botão Informações [IMG] não irá retornar nada significativo.

 
ADVERTÊNCIA [ACIMA]

Você pode adicionar cantos, mapas, miniaturas e informações à vontade, simplesmente adicionando-as nas pastas correspondentes dentro da pasta cleanname (veja acima). Ave é fornecido sem qualquer um desses arquivos, e o autor não assume qualquer responsabilidade sobre como ou onde o usuário obtém ou utiliza o Ave e estes arquivos.